PT é mestre em práticas criminosas, diz Doria

4 primeira leitura
0

Declaração foi sobre suposto pagamento de influenciadores para elogiar candidatos do partido na internet

 

 

Em agenda de campanha relâmpago na porta de hospital na zona oeste, o candidato ao governo estadual pelo PSDB, João Doria, criticou nesta segunda-feira (27) o PT pela suspeita de pagamento de influenciadores digitais para elogiar candidatos do partido nas redes sociais.

“E inclusive falar bem do candidato deles aqui em São Paulo para o governo do estado [Luiz Marinho]. Essa é uma prática que o Tribunal Superior Eleitoral e os tribunais regionais proíbem. É contra lei, mas, vindo do PT, o PT adora fazer tudo que é contra lei”, disse. “Não me estranha. O PT é mestre em práticas criminosas”.

Ele afirmou que sua equipe jurídica está atenta ao fato, que tem sido coibido pela Justiça Eleitoral.

Doria fez agenda de última hora no Hospital Albert Einstein, no Morumbi, para falar do programa Corujão da Saúde -criado por ele como prefeito e que contrata exames de hospitais privados. A ideia é levar o programa para o resto do estado, se ele for eleito.

A agenda foi comunicada na noite anterior ao hospital. Doria falou por nove minutos com jornalistas do lado de fora do hospital e depois entrou no local para encontrar um médico e usar o heliponto. Dali, o tucano iria para agenda no interior.

“O programa será implantado também em outras cidades no interior do estado onde houver pessoas aguardando há muito tempo para fazer seus exames de imagem”, disse ele.

Doria criticou TCM (Tribunal de Contas do Município), que fez auditoria apontando problemas no programa na capital.

Após declarar a fila zerada no início do programa, a demanda de exames voltou a crescer. Além disso, de acordo com o TCM, o tucano não cumpriu promessa realizar exames em no máximo 60 dias -em maio do ano passado, a média era de 99,7 dias.

“Os exames foram realizados. O TCM neste caso não fez a apuração que deveria. Em 83 dias zeramos a fila dos exames. Obviamente a partir daí você vai tendo mais pessoas com necessidades de realização de exames e os exames estão sendo feitos num prazo de 60 dias”, disse.

O candidato também repercutiu o lançamento do Match Eleitoral da Folha de S.Paulo, que mostra candidatos a deputado que mais combinam com o eleitor, após preenchimento de um questionário. “Uma boa ferramenta, democrática e interessante também porque vai medindo o grau de interesse da população [sobre os candidatos]”, disse.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…