Partido diz que o dinheiro foi destinado à consultoria para registro da chapa partidária na corrida presidencial

 

 

PT registrou uma despesa eleitoral de R$ 1,5 milhão com o escritório de advocacia Teixeira, Martins Advogados, que defende o ex-presidente Lula em ações da Lava Jato. De acordo com a coluna ‘Poder’, do jornal Folha de S. Paulo, o gasto da campanha é descrito como “consultoria jurídica em processo eleitoral”.

De acordo com a prestação de contas da candidatura de Lula à Presidência, que agora foi substituída para o Fernando Haddad (PT), este é o maior gasto com advogados por candidatos registrado pelo TSE até o momento.

Em comunicado, a assessoria de imprensa do ex-presidente diz que o escritório de advocacia “prestou consultoria ao registro da chapa do Partido dos Trabalhadores”.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

EUA vão impor sanções a países que comprarem petróleo do Irã

Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira que começarão a impor sanções a todos os …