Partido diz que o dinheiro foi destinado à consultoria para registro da chapa partidária na corrida presidencial

 

 

PT registrou uma despesa eleitoral de R$ 1,5 milhão com o escritório de advocacia Teixeira, Martins Advogados, que defende o ex-presidente Lula em ações da Lava Jato. De acordo com a coluna ‘Poder’, do jornal Folha de S. Paulo, o gasto da campanha é descrito como “consultoria jurídica em processo eleitoral”.

De acordo com a prestação de contas da candidatura de Lula à Presidência, que agora foi substituída para o Fernando Haddad (PT), este é o maior gasto com advogados por candidatos registrado pelo TSE até o momento.

Em comunicado, a assessoria de imprensa do ex-presidente diz que o escritório de advocacia “prestou consultoria ao registro da chapa do Partido dos Trabalhadores”.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…