Os trabalhadores conseguiram garantia da não terceirização da categoria e reajuste salarial de 4,55%

 

 

Em assembleia, o Sindicato dos Rodoviários decidiu cancelar a greve marcada para esta segunda-feira (24/9). Representantes da categoria se reuniram esta manhã no Conic e votaram contra a paralisação. Os trabalhadores recusaram a medida, após apresentação de proposta das empresas de ônibus, que garantiram o reajuste salarial de 4,45% e a não terceirização do serviço.

A proposta inicial do sindicato era de reajustar os salários dos trabalhadores para 7%, no entanto, as empresas não concordaram com o valor. Mais de 300 trabalhadores participaram da votação nesta manhã.

Além da não terceirização e do reajuste, os trabalhadores também garantiram redução das taxas dos planos de saúde e odontológico e aumento de 5% no vale alimentação. A proposta também garante o fornecimento de cesta básica em até seis meses para empregados que precisarem ser afastados.

Para quem tiver mais de cinco anos nas empresas, o reajuste será superior a 9%. Os trabalhadores também receberão o retroativo do salário de agosto e setembro, já que a medida entra em vigor a partir da remuneração de outubro.

Para o presidente do sindicato, Jorge Farias, a proposta foi satisfatória, principalmente, pela garantia de não terceirização da categoria. “Estamos felizes com a proposta. Entre os rodoviários, esse foi o melhor acordo firmado no Brasil”, ressaltou.

Fonte: Correio Braziliense

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

‘Abraço’ na Serra da Moeda protesta por rompimento de barragem da Vale em Brumadinho

Realizado há 12 anos, projeto pede a conservação ambiental de cadeia montanhosa. Neste dom…