São Paulo define seis candidatos ao governo

5 primeira leitura
0

Foto: Reprodução

Convenções realizadas no sábado (28) definiram nomes para a disputa

 

 

A disputa pela vaga de governador do Estado de São Paulo já acumula oito candidatos. Seis deles foram oficializados pelos partidos em convenções que aconteceram neste sábado (28), em São Paulo

Os último nomes definidos para a corrida eleitoral de outubro deste ano foram: João Doria (PSDB); Paulo Skaf (MDB); Luiz Marinho (PT); Lisete Arelaro (PSOL); Cláudio Fernando de Aguiar (PMN), e Major Costa e Silva (DC).

Na semana passada, já havia sido notificada a candidatura de Toninho Ferreira (PSTU) e Rogerio Chequer (NOVO).

RELACIONADO
Apoio de DEM e PP a Doria pode provocar debandada dos aliados de França
PT escolhe Marinho para disputar governo de SP PT escolhe Marinho para disputar governo de SP
Dois partidos anunciam apoio a Márcio França para governo estadual As legendas: Solidariedade, Patriota, Podemos, Pros, PPS e o PV anunciaram apoio a reeleição do atual governador, Márcio França (PSB). A convenção do PSB, que deve oficializar a chapa, está marcada para 4 de agosto.

Candidatos

O PSDB anunciou o nome de Doria com o apoio das legendas: Democratas, PSD, PRB, PTC e Progressistas. O tucano terá como companheiro de chapa o deputado federal Rodrigo Garcia, indicado pelo DEM. A “Coligação Acelera São Paulo” contará com dois candidatos ao Senado (Mara Gabrilli e Ricardo Tripoli), 170 candidatos a deputado federal e 186 a deputado estadual.

O empresário e presidente licenciado da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, concorre a vaga de governador de São Paulo pela terceira vez e terá como vice a tenente-coronel da Polícia Militar Carla Basson. Para a vaga do Senado, foi oficializado o nome de Maria Aparecida Pinto, Cidinha. O nome da Senadora Marta Suplicy ainda não foi confirmado.

O PT definiu a candidatura do ex-prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, a vaga. O nome de quem vai compor a chapa como vice não foi anunciado. Em aliança com o PC do B, a coligação petista terá 114 candidatos a deputado estadual e 82 a deputado federal. Eduardo Suplicy e Jilmar Tatto vão disputar as vagas no Senado.

A professora universitária Lisete Arelaro vai concorrer o Palácio dos Bandeirantes pelo PSOL com o apoio do PCB (Partido Comunista Brasileiro) e Maurício Costa (PSOL) de vice. O partido terá 87 nomes disputando a vagas de deputados federais e 91 para deputados estaduais. Ao senado disputam Silvia Ferraro e Daniel Cara.

O PMN escolheu Cláudio Fernando Aguiar para disputar o Governo de São Paulo. Na vaga de vice, a chapa terá Roberto Campos (Rede Sustentabilidade).

Já o partido DC apresentou o Major Costa e Silva como candidato e Humberto Alencar como vice. O membro do Exército nunca disputou um cargo público. Já Alencar, foi candidato a vereador por Barueri, na Grande São Paulo, em 2016.

Fonte: Destak

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…