Home Bcn Notícias BCN Sem vencer no segundo turno e na lanterna do NBB, Universo/Brasília enfrenta Bauru

Sem vencer no segundo turno e na lanterna do NBB, Universo/Brasília enfrenta Bauru

7 primeira leitura
0

André Germano trabalhou nas categorias de base e foi assistente no time principal do Bauru

Acumulando quatro derrotas seguidas, o time de Brasília quer iniciar uma reação contra o rebaixamento

A busca pela primeira vitória do Universo/Brasília no segundo turno do Novo Basquete Brasil (NBB) continua hoje. No Ginásio Panela de Pressão, às 19h, diante do Bauru, sexto colocado da competição, o time brasiliense tenta o triunfo para animar o elenco e escapar da incômoda zona de rebaixamento — a lanterna da competição. Para isso, o técnico da equipe candanga, André Germano, revisita o adversário em que comandou as categorias de base por quatro anos.

Apesar de contar com jogadores que estão entre os destaques do campeonato, como Nezinho e o norte-americano Zach Graham, o Brasília não vence um jogo há mais de um mês. A última vitória foi diante do Minas, pela nona rodada do primeiro turno, em 10 de dezembro. Segundo o treinador, a principal explicação para os resultados dos confrontos está na parte defensiva da equipe.

O Universo/Brasília tem o menor saldo de pontos entre todos os times da competição: -127. “O ponto mais fraco na equipe é a defesa. Os nossos destaques individuais vêm fazendo bons jogos, principalmente na parte ofensiva. Precisamos mudar a parte defensiva, defender com mais agressividade e intensidade”, alerta André Germano.

O treinador espera que a equipe mantenha o nível de jogo que viu contra o Mogi das Cruzes na última terça-feira, quando perdeu por 76 x 80. “A expectativa é fazer um jogo forte defensivo para poder trabalhar nosso ataque com inteligência e saber atacar os pontos mais vulneráveis da equipe do Bauru”, diz o técnico, que trabalhou com o time adversário.

“Sinto um respeito e um carinho muito grandes porque foram quase cinco anos de trabalho na cidade”, relembra. André foi coordenador das categorias de base e técnico do sub-19. Além disso, atuou como assistente do time adulto e participou das principais conquistas do clube, como os títulos da Liga Sul-Americana e do NBB.

Tabela
Enquanto o time de Brasília vem de quatro derrotas seguidas, o Bauru, time comandado por Demétrius Ferracciú, ainda não perdeu no segundo turno da competição e defende uma sequência de três vitórias neste mês. Dos oito jogos em que foi mandante, a equipe paulista venceu quatro e busca o quinto triunfo diante do Universo/Brasília.

No duelo do primeiro turno entre os times, o confronto foi tão equilibrado que, pela primeira vez nesta edição do NBB, um jogo chegou à segunda prorrogação. No entanto, quem saiu com a vitória de quadra foi o Bauru, por 113 x 105. O treinador da equipe brasiliense alerta que os desfalques do time paulista naquele confronto voltaram a atuar.

“O jogo do primeiro turno foi muito equilibrado, mas, naquela ocasião, o Bauru tinha alguns desfalques, que voltaram durante a temporada e são jogadores que mudam a forma de o time atuar”, analisa Germano. À época, quatro jogadores desfalcaram o Bauru contra Brasília: os alas Alex e Jaú, o armador Fúlvio e o ala/armador Larry Taylor.

Reforço ainda fora de ação
Apesar de ter sido anunciado como reforço do Universo/Brasília para a segunda etapa da competição, o ala-pivô Ronald Reis ainda não entrará em quadra pelo time do Distrito Federal. O jogador de 27 anos foi liberado para jogar profissionalmente pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas ainda aguarda a análise do caso pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD).

Dessa forma, Ronald não pode atuar pelo Brasília e, por isso, nem viajou com o grupo para Bauru. O jogador, que foi campeão da Liga Sul-Americana-2015 e teve passagens pela Seleção Brasileira, cumpre um período de suspensão por doping após ser flagrado nos playoffs do NBB 2015/16. Fonte: Df. Super Esportes

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN

Veja Também

‘Abraço’ na Serra da Moeda protesta por rompimento de barragem da Vale em Brumadinho

Realizado há 12 anos, projeto pede a conservação ambiental de cadeia montanhosa. Neste dom…