Temer volta atrás e adia reajuste de servidores, diz colunista

59 Segunda leitura
0

A medida vai gerar uma economia de R$ 6,9 bilhões

 

 

presidente Michel Temer voltou atrás e adiará para 2020 o reajuste salarial dos servidores da União, segundo o Palácio do Planalto revelou ao colunista Valdo Cruz, do G1, nesta sexta-feira.

De acordo com o colunista, a medida deve gerar uma economia de R$ 6,9 bilhões e ajudará a fechar as contas do governo federal em 2019.

Na última quarta-feira (29), Temer tinha decidido manter o reajuste para o próximo ano.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…