Home Bcn Notícias BCN Vídeo: Bolsonaro quer saber quem mandou Adélio esfaqueá-lo

Vídeo: Bolsonaro quer saber quem mandou Adélio esfaqueá-lo

4 primeira leitura
Comentários desativados em Vídeo: Bolsonaro quer saber quem mandou Adélio esfaqueá-lo
0
65

Em sua conta no Twitter, o presidente também agradeceu aos seus ministros e ao hospital onde está internado

 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) publicou na tarde deste domingo (10/2) um vídeo em sua conta do Twitter no qual diz esperar que a Polícia Federal encontre os responsáveis pelo atentado à faca sofrido na campanha eleitoral, no dia 6 de setembro de 2018.

“Esse crime, essa tentativa de homicídio, essa tentativa terrorista praticada por um ex-integrante do PSol não pode ficar impune. Queremos, com dados concretos, saber quem foi ou quem foram os responsáveis que determinaram que o Adélio praticasse aquele crime”, disse o chefe do Palácio do Planalto.

Vídeo incorporado

Jair M. Bolsonaro@jairbolsonaro

🇧🇷
👍🏻

Um bom domingo a todos! 25,7 mil14:54 – 10 de fev de 20197.596 pessoas estão falando sobre isso

Bolsonaro também elogiou o hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado desde o dia 28 de janeiro, quando foi submetido a uma cirurgia no intestino para retirada de uma bolsa de colostomia.

“Sabemos que pouca gente pode ter um tratamento como esse, mas temos plena consciência que o nosso SUS [Sistema Único de Saúde] pode ser melhor. Faremos de tudo para que isso se torne uma realidade”, garantiu.

Ele também agradeceu aos seus ministros, “que com muita competência, iniciativa e capacidade de se antecipar a problemas tem nos ajudado a conduzir o Brasil de forma bastante convincente”.

Bolsonaro está em tratamento no hospital onde retirou a bolsa de colostomia usada desde o atendado. A sonda nasogástrica foi retirada devido à melhora no quadro intestinal e à boa aceitação da dieta líquida. Durante a internação, ele conduz o Executivo federal de um gabinete improvisado na antessala do quarto onde se recupera.

No sábado (9/2), o presidente postou uma foto do seu almoço no hospital e disparou contra a mídia e o PSol, partido de oposição ao qual Adelio Bispo dos Santos, que desferiu os ataques a faca contra ele durante a campanha, foi filiado. “Todos sabemos que desde a tentativa de assassinato do ex-integrante do PSOL, as maldades continuam e infelizmente são propositalmente ignoradas pela maior parte dos meios de comunicação”, disse. Fonte: Metrópoles

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN
Comentários estão fechados.

Veja Também

60ª fase da Lava Jato: PF prende Paulo Preto e mira Aloysio Nunes

Ao todo, 46 agentes cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em São Paulo A Políc…